Blog

Como reformar o banheiro? Veja aqui quais são as principais dicas

Como reformar o banheiro? Essa é a dúvida de muitas pessoas que estão morando em casas com banheiros mais antigos e que começaram a apresentar problemas como vazamentos na parte lateral do vaso sanitário. 

A reforma do banheiro pode ter valores variados e tudo dependerá da qualidade dos materiais que preferir comprar e até mesmo se contratará uma empresa especializada para isso ou fará por conta própria. 

Uma dica, caso vá fazer por conta própria, é que, ao final da obra, opte por contratar uma caça vazamentos para se certificar de que não ficou com nenhum buraco nos encanamentos que, posteriormente, ocasionarão no vazamento de água. 

Enfim, neste artigo de hoje a gente separou uma série de dicas super completas que te ajudarão a entender um pouco melhor sobre o que pode ser feito para impedir que haja vazamentos no seu banheiro e a reforma seja realizada de forma barata e eficaz. 

Como reformar o banheiro? Confira as dicas mais preciosas do mundo!

Veja abaixo, quais são as dicas que a gente separou que vão te ajudar a como reformar o banheiro de forma prática. 

1. Entenda onde estão as tubulações 

O primeiro passo é você entender onde estão as tubulações. Isso vai impedir que, no momento em que for quebrar ou estragar alguma parede, não estará correndo o risco de estragar algum cano e piorar ainda mais a situação de vazamento na sua residência. 

O indicado, antes mesmo de estourar alguma coisa, é que você investigue na planta hidráulica da residência, ainda mais se tiver um apartamento, para entender onde estão localizados os pontos de água e quais são os cuidados que precisará ter em todo o processo de reconstrução. 

2. Pesquisa por inspirações antes de começar

Possua, na galeria do seu dispositivo,  uma série de imagens retiradas de portais como Pinterest que poderão te dar alguma inspiração sobre como a reforma da sua residência será realizada para garantir que não vai se arrepender por ter feito de um jeito e, após de pronto,  ter descoberto que poderia ter realizado de outra maneira bem melhor. 

Comece a pesquisar cerca de 2 meses antes e tire uns 10 minutos por dia para procurar dicas de inspiração. 

Hoje em dia, também existem vários canais presentes no Youtube que podem te ajudar a ter uma ideia do que pode ser feito, o que sai caro e dicas mais em conta para o seu bolso. 

3. Quando se tratar de rejunte, prefira o bicomponente

Em algumas cidades, é comum que o rejunte bicomponente seja cerca de 6 vezes mais caro que o tradicional utilizado por muitas construtoras. No entanto, ele vale bem mais a pena, visto que possui durabilidade bem maior e não fica mole quando está muito tempo exposto à água, o que é essencial para os locais que contam com banheiros muito úmidos. 

O rejunte bicomponente  é utilizado com frequência em piscinas. E o melhor de tudo é que ele está disponível em qualquer material de construção sob encomenda na cor que preferir. O tempo médio para ser fabricado está por volta de uma semana. 

Caso ache que o material é muito caro e não vale a pena, você pode utilizar o rejunte tradicional em todo o seu banheiro, enquanto o bicomponente é utilizado áreas estratégias para impedir vazamentos e descolagens, como no vaso sanitário para vedação e também na parte do box do banheiro onde se toma banho. 

4. Teste o encanamento antes mesmo de colocar o piso e rebocar de volta

Caso você tenha tido a necessidade de estourar alguma parede, também deve testar a tubulação e toda a parte hidráulica para garantir que ela não está com nenhum furo que pode ter sido obtido durante o processo de reforma. 

Caso esteja tudo certo, você pode começar a rebocar e colocar novamente a camada de piso com C3 (C3, principalmente o branco, é o material recomendado para garantir resistência em locais úmidos).

Já pensou se você acaba rebocando e depois percebe que a parte hidráulica estava furada em alguma parte? Uma das consequências disso, a longo prazo, é que a sua parede começará a se descolar, fazendo com que você tenha gastos bem acima do esperado para resolver este problema (muitas vezes terá que reformar tudo de volta). 

Perder alguns minutos de teste e até mesmo procurar  por uma empresa especializada permitirá que você tenha gastos menores e garanta que está tudo ok para fechar a parede de volta e poder utilizar o banheiro normalmente. 

5. Mude o estilo 

Se você está com melhores condições financeiras para a realização da reforma, uma dica é mudar o estilo: muitas vezes, estamos enjoados do tipo de banheiro que temos em casa e uma reforma é o momento ideal para novas dicas de decoração e azulejo, você fará a bagunça apenas uma vez!
E então, tem mais alguma dica de como reformar o banheiro? Comente aqui conosco e, claro, não se esqueça de vir conhecer mais artigos do nosso blog, temos vários conteúdos para te deixar super informado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + 16 =