Beleza e Saúde

Sintomas de Transtorno Bipolar: quais e como tratá-los

O que é Transtorno Bipolar?

Transtorno bipolar é uma doença de caráter psicológico, também é conhecida como doença maníaca depressiva e tem como principal sintoma as mudanças de humor frequentes, intensas a ponto de atrapalhar a vida do indivíduo e sua rotina.

Principais sintomas de transtorno bipolar

Se engana quem pensa que os sintomas de bipolaridade são sempre os mesmos. A verdade é que dependendo se o paciente está tendo um episódio maníaco ou depressivo, os sintomas são opostos e lidar com cada um deles também pede atitudes distintas por parte de quem está por perto.

Sintomas de Episódio Maníaco

Pessoas com episódios maníacos ficam eufóricas com tendência a falar bastante. Além disso, sentem-se e ficam, de fato, distraídas, com autoestima inflada e mania de grandeza. 

Sintomas de episódio maníaco:

  • Fuga das ideias
  • Pensamento rápido
  • Falta de foco
  • Energia demasiada
  • Agitação
  • Delírios
  • Irritabilidade
  • Agressividade
  • Apetite sexual aumentado, etc.

Sintomas de Episódios Depressivos  

Estes sintomas lembram bastante alguns sintomas da depressão. Também pode-se destacar uma oposição aos sintomas citados anteriormente. 

Desse modo, enquanto um episódio maníaco faz com que o indivíduo tenha energia aumentada, autoestima e grandeza, o paciente em episódio depressivo não terá energia, apetite sexual nem autoestima elevada. Veja mais sintomas:

  • Tristeza
  • Falta de apetite
  • Lentidão
  • Ansiedade
  • Falta de ânimo
  • Fadiga
  • Dificuldade para fazer as atividades de rotina, etc. 

Tipos de transtorno bipolar

Segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, reconhecido no meio médico como DSM-5, inclui estes tipos de transtorno bipolar: 

  • Transtorno bipolar  tipo I
  • Transtorno bipolar tipo II
  • Transtorno ciclotímico
  • Transtorno bipolar e transtorno relacionado induzido por substância/medicamento
  • Transtorno bipolar e transtorno relacionado devido a outra condição médica e,
  •  Transtorno relacionado não especificado.

Sintomas de Transtorno Bipolar: Quando iniciar o tratamento?

Psicoterapia

A psicoterapia tende a ser o primeiro tipo de tratamento logo que se identifica a bipolaridade no paciente. Ela é realizada junto a um profissional da área da saúde mental, psicólogo ou psiquiatra e tende a ser um tratamento de médio a longo prazo. 

Medicamentos

Os medicamentos são eficazes e só são receitados por médicos psiquiatras. Alguns deles têm efeitos colaterais e, por isso, não podem ser administrados sem orientação médica.

Terapia Eletroconvulsiva (ECT)

Terapia eletroconvulsiva ou popularmente conhecida como eletrochoques, é uma terapia em que se utiliza a corrente elétrica para o tratamento de doenças como esquizofrenia, a mania, a catatonia, a epilepsia e a doença bipolar.

Esse tipo de tratamento é indicado para casos bem específicos e, oposto ao que muitas pessoas acham, é um tratamento seguro e sem dor.

FAQ

Como saber se a gente é bipolar?

As mudanças muito frequentes e bruscas de humor são os sintomas mais comuns fáceis de identificar. No entanto, apenas um profissional da área de saúde mental pode diagnosticar a doença. É imprescindível buscar ajuda assim que perceber os sintomas.

Quais são os primeiros sintomas de uma pessoa bipolar?

Sintomas de manias e hipomanias, ou seja, o humor intenso demais para cima e humor para baixo, a depressão, quando alterados em curtos períodos, são os sintomas mais percebidos. 

Quando suspeitar de bipolaridade?

Quando as mudanças de humor afetam a vida pessoal ou profissional, é importante ficar alerta e solicitar uma consulta com um psiquiatra ou psicólogo. 

Quem sofre de transtorno bipolar pode trabalhar?

Pessoas com bipolaridade podem exercer funções no mercado de trabalho normalmente. No entanto, em casos raros, pode acontecer um afastamento do trabalhador e o mesmo pode, junto à Justiça, solicitar direitos trabalhistas enquanto estiver afastado.

Qual a diferença entre depressão e transtorno bipolar?

Pessoas com depressão têm apenas um dos dois pólos que o bipolar possui. O depressivo sente tristeza profunda e alta de ânimo, enquanto o bipolar também tem episódios depressivos, mas seu humor altera para o positivo de maneira intensa, proporcionando energia demasiada, mania de grandeza, agitação e agressividade. 

O que pode piorar o transtorno bipolar?

Consumir drogas ou álcool, mudanças na rotina, estresse, sono prejudicado ou potenciais gatilhos.

É perigoso conviver com uma pessoa bipolar?

A convivência não é perigosa, mas pode ser desafiadora. As alterações de humor repentinas afetam diretamente as relações e dificultam a comunicação. Uma forma eficaz de amenizar esses efeitos é a terapia, apesar de ser um processo de médio ou longo prazo, é possível sentir seus efeitos já nas primeiras sessões. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =