Negócios e Política

Aprenda a tirar o título de eleitor

Entre os muitos documentos que um cidadão brasileiro precisa ter, além do RG (registro geral) e do CPF (cadastro de pessoa física), há um que se destaca pela sua importância: o título de eleitor.

Como é sabido, o regime político do Brasil hoje é a república federativa presidencialista. Na prática, ser república quer dizer que o Chefe de Estado é eleito pelo povo e de forma temporária.

Ser federativa significa que os Estados possuem autonomia política e, por último, ser presidencialista significa que as atividades de Chefe de Estado e de Governo são realizadas pelo presidente eleito.

Para que a eleição de um representante político possa acontecer, são realizadas votações em todo o país. A cada dois anos, são organizados os locais de votação e cada cidadão brasileiro deve comparecer às urnas para exercer o seu direito ao voto.

Por isso, é fundamental que o eleitor preserve na sua agenda personalizada com logo o período das votações, justamente para que ele possa se dirigir ao seu local de votação e eleja os candidatos que acredita serem boas opções para os cargos.

Apesar da data não ser fixa, as eleições costumam acontecer no fim do ano, geralmente no mês de outubro. Mas, para que seja possível votar, os cidadãos brasileiros precisam emitir um documento, o chamado título de eleitor.

  • Aproveita e saiba mais sobre o auxílio brasil, tenha maiores informações

De fato, esse é um documento importante que faz parte da vida de quem deseja contribuir com a sua pátria e queira cumprir com os seus direitos e obrigações, ações essas essenciais dentro de um país democrático.

As pessoas devem tirar o título de eleitor em determinada fase da vida, mas muitas vezes não conhecem o processo. Inclusive, hoje essa solicitação já pode ser feita pela internet, o que significa que é ainda mais fácil obter o documento.

Se você ainda não conhece esse processo, mas precisa emitir o seu título de eleitor para conquistar o seu direito ao voto, este artigo foi feito para você e vai te ajudar a concluir essa tarefa de modo simples.

Por isso, continue na leitura deste texto e entenda pontos fundamentais como a função do título de eleitor, a função do eleitor e a importância desse documento. No fim, veja dicas de como tirar o título de eleitor pela internet. 

Qual a função e a importância do título de eleitor?

Assim como uma pasta com orelha personalizada possui funções que garantem que ela possa ser utilizada em uma determinada atividade, o título de eleitor é um documento que possui uma finalidade importante.

Ele se trata de uma documentação oficial que é indispensável para que qualquer pessoa possa votar, seja para eleger candidatos para os cargos executivos ou para os legislativos.

Sendo assim, ele é um comprovante de que o eleitor está inscrito na Justiça Eleitoral do Brasil e garante o direito do cidadão ao voto. Para quem deseja se candidatar a um cargo político, também é necessário ter o título de eleitor.

Além disso, o título vai além de um mero documento. Ele é essencial para que os brasileiros possam exercer a sua cidadania, uma vez que ele permite que cada pessoa, de modo individual, escolha os seus representantes com prudência.

Mas, há ainda outras funções para o título de eleitor, de maneira que é fundamental que cada cidadão brasileiro possua o seu documento. São elas:

  • Emissão de passaporte;
  • Contratação em um novo emprego;
  • Participação em concursos públicos;
  • Registro acadêmico em instituições públicas.

Dessa forma, é essencial que qualquer pessoa vá atrás de emitir o seu título o quanto antes, de forma que possa estar regularizado e consiga realizar outras atividades importantes enquanto cidadão brasileiro. 

Qual a função do eleitor? 

Todo eleitor tem a sua função, da mesma maneira que um rótulo personalizado para imprimir precisa cumprir um papel importante na identificação de um produto. Para começar, todo cidadão possui direitos e deveres.

A partir dos 16 anos de idade os brasileiros já podem votar, sendo nessa faixa etária uma opção do cidadão. Ao atingir 18 anos, o voto se torna uma obrigação, independentemente do gênero, da cor, da renda e do grau de instrução do eleitor.

Diante disso, o voto é considerado um direito universal em solo brasileiro. É importante ressaltar que a obrigação de voto é relacionada apenas a quem tem entre 18 e 70 anos. Para idosos com mais de 70, e para analfabetos, o voto também é facultativo.

Entre outros direitos do eleitor, está a privacidade com relação ao voto, ou seja, ele é secreto. A ausência no dia da eleição também pode ser justificada em até 60 dias da data da votação.

Pessoas com necessidades especiais que já atingiram a idade obrigatória para votar podem ser acompanhadas de outras pessoas no momento de votar na urna, se for vontade delas.

Caso não seja, o acompanhante pode aguardar a realização do voto em uma cadeira longarina 5 lugares com braço ou demais aparelhos de auxílio, mas fora da seção eleitoral.

Em paralelo, assim como há direitos também há deveres. Apresentar o título na hora da votação, não realizar propaganda política ou tirar foto do voto no dia da eleição.

Mas, para além das formalidades, a função do eleitor é estar atento a todas as possibilidades, para que possa escolher bem os seus representantes e tenha a certeza de eleger pessoas devidamente habilitadas para exercer os cargos políticos.

Por isso, da mesma forma que para escolher móveis para escritório em aço inox um cliente pesquisa e vai atrás de conhecer as características da mobília, eleger um candidato é fundamental para o bem da sua nação.

3 dicas para tirar o título de eleitor online

Não dá para negar que a tecnologia já é um elemento presente na vida de todas as pessoas e, como era esperado, ela também já faz parte do sistema eleitoral.

Com isso, ao atingir 16 anos, de maneira facultativa, ou ao chegar aos 18 anos, de maneira obrigatória, os cidadãos brasileiros devem emitir o seu título de eleitor para poder votar.

Se antes esse processo só era possível presencialmente, nos cartórios eleitorais das cidades, hoje tudo é muito mais simples e fácil, tal como comprar uma pasta personalizada empresa em uma loja virtual. Em alguns passos, já é possível ter o documento. Confira: 

1. Acesse o site TítuloNet

Para começar o processo de emissão do primeiro título de eleitor, é preciso acessar o sistema TítuloNet. Na guia “Título de eleitor”, é necessário selecionar a opção “não tenho” e, então, preencher todos os campos solicitados.

Ali são solicitados dados pessoais do eleitor, tais como o nome completo, o RG, o local de nascimento e e-mail. Também são solicitadas quatro fotos para comprovar a identidade do eleitor, de modo a evitar fraudes.

São pedidas fotos de frente segurando um documento de identificação oficial, fotos da frente e do verso do RG ou CNH e a última fotografia é a do comprovante de endereço.

Para os homens na faixa de 18 e 45 anos, há ainda a necessidade de encaminhar o comprovante de quitação do serviço militar. Todos esses documentos devem estar legíveis para que a solicitação não seja indeferida pela Justiça Eleitoral. 

2. Acompanhe a solicitação

Depois de solicitar o documento, é preciso acompanhar o processo de forma virtual. Isso pode ser feito no mesmo site, bastando para isso acessar a aba “Acompanhar Requerimento”.

Ali é necessário informar o número de protocolo que foi gerado na primeira parte do atendimento. Por isso, é importante usar uma caneta promocional atacado para registrar esse dado e verificar se o processo foi aceito pela Justiça Eleitoral. 

3. Baixe o aplicativo e-Título

Depois que o processo for concluído, o eleitor poderá baixar o aplicativo e-Título no celular, tanto para os modelos com plataforma Android quanto iOS.

Por ali, ele tem acesso a versão digital do documento, que pode ser utilizada no dia da votação com tranquilidade. Inclusive, o modelo virtual do título de eleitor dispensa o uso do título de papel.

Dessa forma, tal como ocorre no processo de recebimento e gestão de correspondência, o eleitor pode gerenciar mais facilmente o seu documento de forma online, o que facilita bastante a sua organização para o dia da eleição.

Considerações finais

O título de eleitor é um documento fundamental para o cidadão brasileiro, pois garante o seu direito e dever ao voto. Sendo assim, é indispensável que o eleitor vá atrás de emitir o seu o quanto antes, depois de atingir as idades mencionadas neste artigo.

Dessa maneira, ele fica em dia com as suas obrigações como cidadão e também contribui com a sua pátria, elegendo candidatos comprometidos para os cargos que vão impactar a sociedade como um todo.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × quatro =