Negócios e Política

13 dicas importantes para abrir um negócio online

A digitalização de serviços, e até mesmo produtos virtuais, tem proporcionado a possibilidade de abertura de um negócio online, principalmente por empreendedores que querem diversificar e oferecer algo inovador ao público consumidor. Ter uma ideia é apenas uma parte da jornada. 

Quem acredita que realizou pesquisas suficientes, ou tem uma ideia que sabe que pode competir em um mercado competitivo, precisa ter certeza de ter marcado algumas das outras caixas que são necessárias para administrar um negócio online, conforme alguns segmentos específicos.

Site adequado ao negócio online

Em determinados casos, é possível administrar um negócio online sem um site, como usar apenas plataformas sociais ou sites de comércio eletrônico de terceiros. 

No entanto, a recomendação de especialistas é que um site próprio se faz necessário e traz mais profissionalismo ao negócio. 

Um empreendedor que trabalha com locação de Chapa de gesso acartonado não está restrito à aparência do site, não está competindo em feeds sociais com uma variedade de outras empresas, e sabe que qualquer tráfego que visita o site é valioso.

Além disso, um site próprio adequado ao negócio online permite a coleta de informações analísticas sobre os clientes, que depois podem ser usadas para o marketing digital, o que nos leva às primeiras dicas:

  1. Construa uma plataforma para os negócios

A construção de um site para uma empresa de ar condicionado em uma plataforma para o tipo de negócio online pode ser direcionada para e-commerce. 

Vale verificar quanto à configuração para ferramentas digitais, principalmente para ser encontrado nas plataformas de busca.

Sendo assim, é preciso configurar o Google Meu Negócio e Google Analytics, além do Meta Pixel, para quem recorre ao Facebook e Instagram para vendas. 

Existem muitos guias online sobre como fazer isso e, mesmo que não use os dados que eles coletam agora, isso pode ser inestimável para esforços futuros no marketing digital

  1. Domínio e hospedagem

Para registrar um site e mantê-lo ativo, é necessário um nome de domínio exclusivo e que represente o negócio, bem como pagar pela hospedagem. 

Geralmente, esse serviço pode ser adquirido em conjunto, mas o site não pode começar sem ele.

Estratégia para chegar diante dos clientes

Ter um site incrível é o primeiro passo, mas garantir que as pessoas possam encontrá-lo é a etapa seguinte. 

Como um novo negócio online, todo empreendedor encontra dificuldades em ficar na frente do público, em comparação com empresas estabelecidas. 

No entanto, isso significa oportunidade, ou seja, significa apenas que é preciso de uma estratégia sólida e uma maneira única de abordar no início dos trabalhos para posicionar a marca, conforme as próximas dicas.

  1. SEO na construção e desenvolvimento de site

Pode-se considerar a prática de SEO (Search Engine Optimization) ao construir o site para negócio online. 

Como princípio básico, o SEO, isto é, a otimização do motor de busca, ajuda o público a encontrar uma empresa, uma marca, produto ou serviço ao realizar uma pesquisa online. 

Há diversas maneiras para se manter relevante para os usuários que já visitaram um site e-commerce, como:

  • Coleta de endereços de e-mail;
  • Disponibilidade de ofertas regulares;
  • Envio de atualizações;
  • Remarketing social.

A dica seguinte é construir os perfis sociais.

  1. Perfis sociais ativos

Além do SEO, os perfis sociais ocupam espaço para quem possui um negócio online. A dica, aqui, é que eles sejam criados apenas se forem utilizados e permanecerem ativos. 

Um perfil social deserto parece pior do que um que não existe. 

Por outro lado, um perfil social sobre plano de rigging guindaste ativo é muito mais eficaz do que nenhum perfil.

O empreendedor pode interligar o site e rede social para complementar um ao outro, com o intuito de direcionar os usuários continuamente.

O marketing digital no negócio online

O marketing digital pode ser uma maneira de atrair novos usuários, ou transmitir uma mensagem específica por uma determinada quantia em dinheiro. 

Uma campanha publicitária bem estruturada pode fornecer ROI (Return Over Investiment), isto é, retorno sobre investimento mensurável, que pode ser dimensionado para aumentar as vendas e a lucratividade.

  1. Atualização de conteúdo de site

Como há uma certa urgência quando se trata de um negócio online, é preciso atualizar o conteúdo do site e-commerce regularmente. 

Pode ser utilizando textos e artigos em um blog corporativo, falando sobre o setor, ou criando novas páginas. 

O conteúdo atualizado tem como função aumentar as chances de classificação de palavras-chave para o SEO, mostrando ao Google que o site está plenamente ativo. 

Adicionar informações gratuitas valiosas para os usuários é uma maneira de construir um relacionamento com eles.

Estabelecimento de marca de um negócio online

As imagens e a marca estão fortemente ligadas a todas as atividades de um negócio online.

Ao criar uma página do site e-commerce de climatizadores evaporativos, é preciso incluir imagens e, se for preciso, compartilhar algo nas redes sociais.

Fotos dos produtos ou ilustrações sobre o serviço podem facilitar a busca das plataformas de pesquisa, assim como posicionar de maneira correta o consumidor.

Dessa forma, seguem dicas de como o visual complementa um negócio online de maneira positiva.

  1. Imagens e fotos

Existem muitos sites de fotos que permitem o uso das imagens gratuitamente, e estas podem ser um recurso eficiente para colocar o negócio online em funcionamento, contextualizando itens vendidos e até mesmo para vincular um blog ao site.

Isso permite que o seu negócio seja encontrado mais facilmente, visto que as imagens também podem ser ranqueadas, desde que sejam devidamente otimizadas, bem como os conteúdos ricos em que são vinculadas podem qualificar o site e ampliar as oportunidades de aparecimento nos mecanismos de busca.

No entanto, também é preciso ter cautela no uso. Afinal, por serem imagens gratuitas, não se tem controle sobre a aparência, demandando atenção à escolha para manter a sua identidade visual pretendida. 

Além disso, há outras empresas que também podem estar as usando, reduzindo a força da imagem. 

Uma opção nesse caso é também considerar variantes pagas de sites profissionais, que geralmente oferecem mais opções e, por demandar certo investimento, é mais difícil que outras pessoas usem.

Também é possível contratar um profissional para tirar fotos de peças para máquina de lavar para ter algo totalmente original no site e-commerce, estabelecido conforme a sua ideia de evidenciação dos produtos do negócio.

  1. Ilustrações

Também há muitos sites que oferecem ilustrações gratuitas. No entanto, elas geralmente são necessárias para serem mais personalizadas para um negócio online. 

Ao optar por esse estilo, talvez seja necessário comprar trabalhos de design mais adiante. Essas opções tendem a ser mais dinâmicas, sendo interessante para personalizar mais as imagens, reduzindo o risco de ter em outros canais ilustrações muito semelhantes.

  1. Paleta de cores

É necessária consistência nos perfis sociais e site para reforçar a marca, especialmente como um novo negócio online que as pessoas não estão acostumadas a ver. 

Uma paleta de cores deve ser empregada nas plataformas online e em todos os materiais desenvolvidos para criar uma identidade clara do seu negócio na mente dos potenciais clientes.

Por isso, deve ser aplicada no site e nas redes sociais, inclusive na papelaria física, como caixas cartonagem personalizadas, cartões de visita e assinatura de e-mail.

Pesquisa de mercado e concorrência

A pesquisa de mercado é fundamental por muitas razões, pois há muito que um empreendedor pode aprender e orientar sobre o que fazer em um negócio online.

Dentro dessa pesquisa de mercado é preciso identificar se há algo que se sobressaia, seja por parte própria, ou que advém da concorrência. 

A seguir estão mais dicas nas quais o empreendedor de um negócio online novo pode se inspirar ou procurar melhorar:

  1. Estrutura do site 

O site de uma empresa que vende câmara fria deve apresentar fácil navegação e cobrir todas as áreas planejadas, como categorias de produto e facilidade de leitura dos materiais para melhor atender os clientes em potencial.

  1. Apelo visual de qualidade

A identificação de imagens de baixa qualidade, e sua troca, é primordial para mostrar qualidade e profissionalismo.

Assim, elas devem ser substituídas o quanto antes por melhores fotografias ou ilustrações para proporcionar um aspecto claro e evidente para quem visita um site e-commerce.

  1. Experiência de check-out e conversão

A saída do cliente da página, após as compras, deve ser fluida, isto é, o check-out (ou seja, finalização do pedido) deve ser fácil. 

Da mesma forma, é preciso que isso ocorra com outras ações na página, como a disponibilidade de um telefone para contato, ou um e-mail de SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) ou mesmo o preenchimento de landing pages para ser contatado por uma equipe comercial.

Todos os processos precisam estar visíveis na página e conter informações claras sobre o que o usuário encontrará ao clicar em determinado botão, por exemplo.

  1. Gama de produtos 

Conforme o negócio online proposto, principalmente setores mais amplos, é preciso determiná-lo em categorias bem definidas, ou apresentar peças individuais de forma facilitada. 

Além disso, o cuidado com a imagem referente ao produto, assim como a descrição e o preço devem ser bem visíveis. 

  1. Atividade em rede social 

As postagens nas redes sociais devem ser convidativas ao debate, promovendo o engajamento e o compartilhamento dos seguidores que buscam serviço de móveis sob medida para cozinha ou roupas de time de futebol preferidos.

Entender como os concorrentes fazem isso pode ser uma maneira de buscar inspiração para ideias próprias, mas lembre-se de priorizar pela diferenciação do seu negócio.

Conclusão

Muitos nichos de empreendimentos comerciais, principalmente quando se trata de um negócio online, estão sujeitos a mudanças rápidas. 

Por esse motivo, a chave para manter o sucesso por um período mais longo é a avaliação constante. 

A partir do momento que um empreendedor avalia o que funciona e o que não funciona para o negócio online de forma consistente, ele identifica o que precisa fazer, quais ações reforçar e devem ser ajustadas.

Da mesma forma, buscar novas ideias e novos conceitos para implementar sempre tem o potencial de trazer benefícios a longo prazo, desde que planejadas e alinhadas aos objetivos do negócio e público consumidor visado. 

O mercado está se adaptando, em uma velocidade veloz, às mudanças de hábitos dos consumidores, que ocorrem de forma online com cada vez mais frequência.

Um negócio online de sucesso pode oferecer propostas de up sell e cross sell para os clientes, assim como campanhas de marketing que envolvem vídeos de ajuda e apresentação de produtos e serviços. 

Tudo que agrega valor para a marca de um negócio online é válido, e o empreendedor nunca deve parar de procurar maneiras de melhorar o atendimento e a eficácia empresarial.Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =