Blog

10 gestos que devem ser evitados por líderes de equipe

Os líderes de equipe exercem muita influência no local de trabalho, com atitude e abordagem que acabam por afetar os funcionários em muitos níveis diferentes. 

A maneira como os líderes de equipe tratam os funcionários em momentos bons e ruins diz muito mais do que quando fazem tudo certo, e o cenário é completamente favorável.

As empresas estão a descobrir que os métodos de gestão apropriados podem proporcionar uma equipe engajada, produtiva e comunicativa, o que leva a uma taxa menor de rotatividade de funcionários. 

Acesso rápido aos tópicos deste conteúdo

Funcionários precisam de direcionamento

De acordo com a posição em que os líderes de equipe se encontram, pode levar um tempo até ficar tecnicamente eficiente na gestão do trabalho. 

Determinadas pessoas podem demorar mais para aprender, e isso é normal em qualquer ambiente profissional. 

Uma cultura de trabalho saudável é aquela em que os funcionários se sentem confiantes de que, se pedirem ajuda ou instrução sobre um projeto cozinha industrial pequena, não serão ignorados ou desprezados, e esse é o papel de líderes de equipe. 

Dessa forma, determinadas atitudes e gestos devem ser evitados por esses mesmos líderes de equipe.

  1. Ter medo de entregar e receber feedback

O feedback pode ajudar a crescer, desenvolver e tomar consciência de problemas que os líderes de equipe não enxergam em si mesmos. 

No entanto, a ideia de receber feedback causa medo em muitos, pois se baseia nas percepções negativas que se tem sobre a própria pessoa, e expõe que na verdade ele pode não ser bom o suficiente. 

Por esse motivo, muitas pessoas em cargos de liderança evitam dar feedback, pois odeiam recebê-lo.

Isso é um desserviço para ele e para a equipe que lidera. 

Fornecer feedback construtivo sobre o desenvolvimento de uma câmara climática, por exemplo, de uma forma que seja uma experiência positiva, pode ajudar cada indivíduo da equipe a crescer e se destacar na função em que ocupa. 

Uma parte significativa dos líderes de equipe é desenvolver aqueles ao redor para serem a melhor versão possível de si mesmos. 

  1. Ficar ocupado sem dar atenção à equipe

Em muitas empresas, funcionários encontram problemas para fazer reuniões com os líderes de equipe, o que pode ser um problema sério para todo clima organizacional de uma organização .

No entanto, para ser bem-sucedido na gestão corporativa ou produtiva, os líderes de equipe precisam ter um tempo dedicado para cada membro, com o intuito de extrair o melhor de cada indivíduo. 

A maneira mais fácil de garantir que isso aconteça é agendar reuniões individuais com cada membro da equipe, mesmo que seja para falar sobre a máquina de fazer gelo em cubo industrial preço disponível para o mercado consumidor. 

Isso garante que o gestor principal tenha tempo na agenda para fornecer treinamento e feedback construtivo, construir confiança  e falar sobre a trajetória de carreira.

  1. Pressa para reposição de funcionários

Um erro que os líderes de equipe podem cometer, quando todos estão sobrecarregados e esgotados com o volume de trabalho, é contratar um novo membro rapidamente. 

Embora isso possa parecer que resolva o problema urgente sobre a venda de esquadrias de alumínio campo grande ms para os clientes, o recrutamento apressado pode causar mais problemas do que antes. 

Uma laranja estragada pode arruinar uma cesta de frutas. Isso é uma verdade para a dinâmica e o desempenho da equipe. 

Quando isso ocorre, em muitos casos, pode ocorrer de funcionários cometerem má conduta, caso o novo colega de trabalho apresenta algum distúrbio na sintonia existente entre a equipe formalizada.

O resultado não precisa ser tão grave quanto a má conduta, mas podem ocorrer casos de:

  • Comunicação abrasiva;
  • Falta de responsabilidade;
  • Intempéries casuais;
  • Prejuízo a terceiros.

Tudo isso, entre outros fatores, podem derrubar uma equipe que já foi próspera. 

Os líderes de equipe devem levar o tempo necessário para contratar um novo funcionário por, caráter e aptidão, e assim evitar essas armadilhas.

  1. Falta de humildade

Um erro aprendido da maneira mais difícil para muitos líderes de equipe de primeira viagem é a suposição de que eles devem ser a pessoa mais inteligente da sala e, se não parecerem assim, as pessoas começarão a questionar por que estão em uma posição de liderança. 

Em vez disso, como gerente de equipe de fabricantes de máquinas e equipamentos industriais, essa pessoa deve mostrar humildade ao admitir que não tem todas as respostas, assumindo a responsabilidade por ações, ou parte do problema, dando crédito a quem é devido. 

Os indivíduos apreciam um líder de equipe que demonstra humildade. 

Quando o líder demonstra humildade, isso leva a melhor desempenho, maior trabalho em equipe e flexibilidade na criação de estratégias.

  1. Ignorar a cultura multifacetada da equipe

Uma cultura multifacetada de equipe desenvolvida organicamente, em que cada membro dá forma às normas sobre como interagir e se comportar, pode ser um desastre. 

Para que uma cultura multifacetada de equipe prospere, é necessária a intencionalidade do líder para determinar os valores em questão, a visão e os comportamentos associados necessários para torná-los bem-sucedidos.

A cultura plural deve ser mais do que um treinamento sobre os comportamentos que os líderes de equipe desejam ver. 

Ele precisa ser parte da estrutura da equipe de uma empresa de manutenção de ar condicionado, e como eles trabalham juntos para realizar o trabalho. 

O gerenciamento de equipe requer foco e reforço deliberados e contínuos para dar vida a ele. O trabalho duro para formar uma cultura multifacetada de equipe desejada vale a pena se tornando um ponto positivo, sendo a chave para o sucesso nos negócios.

  1. Falta de boas maneiras

A educação social parte desde a infância, onde se aprende a dizer obrigado, e quanto isso é importante para toda a vida.

Isso vale para o local de trabalho também. 

Mostrar gratidão genuína agradecendo aos funcionários não custa nada e mostra que os líderes de equipe valorizam e apreciam o esforço que eles fazem. 

Muitos funcionários encontram motivação e moral melhoradas quando um gestor simplesmente agradece com mais frequência.

  1. Ignorar o desenvolvimento profissional

Com tamanha responsabilidade sobre os ombros dos líderes de equipe, pode faltar tempo para investir em si mesmo, seja participando de um programa de treinamento de desenvolvimento de liderança, ou para obter conhecimento e habilidades de liderança. 

No entanto, é tão crucial para qualquer profissional, ainda mais alguém em uma posição tão importante dentro de uma empresa. 

A empresa pode promover um treinamento de desenvolvimento profissional, fornecendo ferramentas para gerenciar outras pessoas e a dinâmica da equipe, assim como ser um líder de mudança e acelerar o desempenho da equipe. 

  1. Assumir trabalho desnecessário ou de terceiros

Quando um líder é o responsável pelos resultados da equipe, e a capacidade é limitada, é fácil cair na narrativa de assumir e se responsabilizar por todo o trabalho.

No entanto, sobrecarregar-se com tarefas que a equipe pode concluir os prejudica, quebra a confiança e deixa aqueles ao redor desmotivados à medida que essas ações aparecem.

Por este gesto, acaba transparecendo que não há fé na equipe para concluir os trabalhos para os quais foram contratados. 

O gerenciamento de equipe bem-sucedido de uma empresa de vistoria veicular requer delegação de trabalho e fornecer a quem delega o contexto, a orientação e a autonomia para concluí-lo como acharem melhor. 

Ao fazer isso, a equipe se sente valorizada e capacitada, e os líderes de equipe ficam livres para se concentrar em atividades de maior valor que estão sob a responsabilidade.

  1. Ignorar ideias e abordagens construtivas

O funcionário médio compartilha diferentes ideias, mas muitos líderes de equipe acabam por ignorar ou não reconhecer a origem. 

Com o tempo, quando gerentes e supervisores param de ouvir novas ideias e abordagens, os funcionários ficam desanimados e sem vontade de falar quando algo poderia ser feito de forma diferente, reduzindo o engajamento, a satisfação no trabalho e a comunicação em uma equipe.

  1. Querer ser amado e querido 

É da natureza humana querer ser amado e querido. No entanto, para ter sucesso entre líderes de equipe de uma equipe que produz câmara frigorífica modular, é necessário tomar decisões impopulares de tempos em tempos. 

Por isso, em momentos determinantes, há aqueles que exitam na tomada de decisões. Acabam por prejudicar os organogramas para apaziguar as pessoas, impedindo clareza de propósito em questões de liderança.

Quando o objetivo é ser apreciado, a tomada de decisão se torna distorcida por emoções, sentimentos pessoais em relação àqueles que se lidera e pela tentativa de chegar a um consenso com a opinião de todos. 

O gerenciamento de equipe não é fácil, e é preciso se sentir à vontade para tomar decisões difíceis e mantê-las.

Conclusão

Estar entre os líderes de equipe resulta em grandes responsabilidades, levando em consideração que não são responsáveis apenas pelo sucesso quanto à função e setor em que atua, mas parte dos funcionários dependem do feedback e apoio.

Como líder, cada um tem como tarefa motivar a equipe, resolver conflitos, liderar pelo exemplo e resolver problemas.

Um bom líder é necessário para que uma equipe funcione com o melhor das habilidades. Observar o que se diz, e como se diz, pode fazer toda a diferença entre os líderes de equipe.Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 3 =