Esporte e Lazer

Conheça os templos esportivos pelo mundo que valem sua visita

Em locais marcados pelas grandes emoções, reviva momentos inesquecíveis em viagens especiais

O esporte é capaz de coisas incríveis. Sensações únicas são despertadas a cada lance do time do coração, a cada ultrapassagem no asfalto e a cada movimento executado nas pistas, quadras e piscinas mundo afora. A capacidade do esporte nos transportar do agora para outros lugares é o que torna ele tão fascinante.

E em meio a tantas coisas marcantes, existem aqueles lugares para sempre lembrados pelos grandes momentos dos quais foram palco ou lugares que simbolizam e sintetizam uma paixão. Conhecer tais locais está nos planos e nos sonhos de todo aficionado. Afinal, qual fã de esportes nunca se imaginou vendo uma corrida de Fórmula-1 em Monza ou um grande jogo em Wembley?

E em ano de Copa do Mundo, fica difícil não se empolgar com o clima que toma o país. A seleção canarinho vai disputar a Copa de 2022 no Qatar, nos Emirados Árabes, mas já desfilou seu futebol em muitos outros palcos. A Europa abriga estádios muito famosos que não podem ficar de fora de um possível destino para sua próxima viagem.

Inglaterra

Na Inglaterra, berço do esporte, Wembley é o estádio mais icônico. Mas Anfield Road e Old Trafford não podem ficar de fora de uma visita. Em Liverpool e Manchester, respectivamente, são estádios centenários e lendários, que já viram muitos craques jogando. E os estádios oferecem visitação aos bastidores e museus dos clubes!

Itália

Na Itália, o San Siro, ou Giuseppe Meazza, casa de dois rivais milaneses, e o Olímpico de Roma, na capital italiana, são destinos cheios de histórias – de até mesmo finais de Copa. Na Espanha, os icônicos Camp Nou, localizado em Barcelona, na Catalunha, e Santiago Bernabéu, do Real Madrid, são as casas de dois dos maiores clubes do mundo, e impressionam pela imponência e capacidade de público. O estádio do time catalão pode abrigar quase 100 mil pessoas!

América

Na América, menção honrosa para a mítica La Bombonera, em Buenos Aires, e o Estádio Monumental, do River Plate. O Estádio Azteca, no México, também vale demais a visita; afinal, foi palco da final da Copa de 70, caneco levantado pela genial seleção brasileira de Pelé.

Um pouco mais para cima no mapa, quem manda é a NBA. O Madison Square Garden, casa dos Knicks, é uma das quadras mais lendárias da NBA. A maior quadra, no entanto, é dos Bulls, em Chicago. Podendo abrigar mais de 20 mil espectadores, ainda abriga a estátua de um dos maiores jogadores da história, Michael Jordan.

Das quadras de piso de madeira para as de grama, Wimbledon, na Inglaterra, é a casa do maior Grand Slam de tênis do mundo, e tem visitação aberta todos os dias. Já em Paris fica Roland Garros, onde nosso Guga foi consagrado campeão três vezes. A quadra é a única dos grandes torneios que é feita em saibro, um charme à parte. O estádio também tem visitação guiada e um museu de 2 mil m² contando a história do tênis.

Ainda na França está uma das mais icônicas pistas de Fórmula-1 do mundo. Mônaco é um circuito totalmente urbano. As ruas da cidade são estreitas, mas não impedem que os carros cheguem a altas velocidades. Destino cobiçado de 10 entre 10 amantes de velocidade. É possível andar pelas ruas do circuito e refazer seu traçado a pé ou de carro!

Se você é um amante dos esportes, não pode deixar de visitar nenhum desses verdadeiros templos. E para qualquer um desses destinos, o dólar é a moeda ideal para garantir alimentação, hospedagens e passeios. Bastante aceita, com ela, é possível fazer câmbio com outras moedas, sem maiores problemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

treze + um =