Negócios e Política

3 dicas de como criar a jornada do colaborador

3 dicas de como criar a jornada do colaborador

Garantir boas experiências para o colaborador é uma das funções mais importantes do departamento de Recursos Humanos de uma empresa.

Essa necessidade existe pois os colaboradores são as pessoas mais importantes e as únicas capazes de ajudar a organização a alcançar o sucesso esperado.

Por isso, cabe ao RH fazer a gestão de benefícios, buscar pelos melhores e mais qualificados profissionais e levá-los para a empresa colocando ênfase na jornada do colaborador.

Sendo assim, este artigo apresentará o significado de jornada do colaborador, mostrará os processos para criar essa jornada e, por fim, dará dicas de como melhorar a jornada do colaborador dentro de uma empresa.

O que significa a jornada do colaborador?

Aquele momento em que o profissional entra em uma página para se candidatar a vagas de emprego e começa a busca por empresas do seu interesse é quando começa a jornada do colaborador.

Essa jornada se segue por todo o tempo em que o profissional está ligado a empresa que vende torre de resfriamento pequena e só acaba quando ocorre a demissão.

O que significa que a jornada de um colaborador sempre contará com o começo, o meio e o seu fim. Ela na verdade é tudo o que uma pessoa aprende, faz e sente dentro da empresa em que está inserida.

Ou seja, a jornada de um colaborador é como a soma de cada uma das experiências dos  funcionários durante o tempo deles na organização.

A criação da jornada do colaborador é uma iniciativa essencial para todo negócio e se mostra extremamente benéfica para ajudar a manter os colaboradores:

  • Engajados;
  • Motivados;
  • Produtivos;
  • Esperançosos.

Para isso, o departamento de Recursos Humanos deve fazer o mapeamento dessa jornada e junto do colaborador alinhar as estratégias da empresa que reforma a portaria do prédio com seus objetivos.

Isso faz com que o RH possa descobrir o que dá certo e o que não dá certo dentro do negócio, permitindo a implementação de melhorias e a correção de falhas que na maioria das vezes não são visíveis.

Quais os processos para criar essa jornada?

Para fazer a construção da jornada de cada um dos colaboradores, é essencial desenvolver habilidades que ajudem a fazer com que o processo se torne mais dinâmico.

Para que a estratégia tenha sucesso, é crucial ter empatia, entender o perfil de cada colaborador e na hora de realizar o mapeamento prestar atenção em cada detalhe para não perder nada, é possível entender mais a seguir:

Desenvolver bem a empatia

O passo inicial para a construção da jornada do colaborador é tentar conhecer cada um deles de maneira empática e além de tudo humanizada.

Os responsáveis pela criação da estratégia devem entender e enxergar as pessoas além das peças que fazem elas serem bons profissionais que levarão o sucesso que a empresa que faz instalação elétrica estilo industrial precisa.

Portanto, é primordial que tanto os líderes quanto os profissionais de RH ligados a essa estratégia se abram e se coloquem no lugar do outro, entendendo as emoções dos colaboradores.

E a melhor maneira de fazer isso é através de uma boa e profunda conversa com eles mesmos em um ambiente que seja seguro e acolhedor.

Nesse ambiente as pessoas devem se sentir extremamente confortáveis para dividir tanto as suas dores e problemas quanto às suas necessidades e expectativas.

Criar personas

Toda jornada do colaborador tem suas diferenças, por isso ela deve ser única e planejada separadamente com todo o cuidado e toda dedicação do possível.

Porém, para que esse processo se torne um pouco mais fácil, é possível antes de tudo fazer pesquisas e também criar personas.

Essas personas podem ser criadas para grupos de colaboradores que contam com desafios e com expectativas parecidas, mas isso não significa que a jornada planejada será a mesma para todos.

Para dar início, pode-se criar o que chamam de mapas de empatia com o objetivo central de entender as necessidades, dores e as maiores dificuldades dos funcionários do negócio que faz tela de proteção para cachorro retrátil.

Isso faz com que seja muito mais fácil elaborar um mapeamento das semelhanças que cada perfil de colaborador tem.

Elaborar o desenho da jornada do colaborador

Mesmo que o conceito possa parecer algo mais genérico, a jornada de cada um dos colaboradores deve ser única, específica e personalizada.

Dessa forma, depois de conhecer melhor as dores e os desejos de cada persona criada, é o momento de elaborar o desenho da jornada do colaborador ou dos colaboradores.

Esse desenho deve servir como um tipo de mapeamento onde estejam anotadas cada uma das etapas da jornada dos funcionários na empresa que instala rastreador veicular com bloqueio.

Isso inclui desde o primeiro contato que ele tem com a vaga, até o momento em que ele se desliga ou é desligado definitivamente da empresa.

A jornada também conta com elementos de um plano de carreira que envolve os cargos que o colaborador deseja alcançar.

Mas, além disso, pode e deve envolver as suas metas e os seus objetivos, o que ajudará esse profissional a alcançar esses objetivos, as melhores direções para o crescimento desse profissional e muito mais.

Como melhorar essa jornada na empresa?

Depois que todo processo é estruturado e a jornada do colaborador montada, é fundamental fazer ajustes e buscar sempre melhorar a estratégia de alguma maneira.

Para isso, é possível se atentar a pontos mais específicos que devem ser melhor desenvolvidos e que ajudam no sucesso da jornada do colaborador na empresa que faz mini troféu personalizado. Alguns desses pontos são:

Separar momentos para fazer feedbacks

Assim como em qualquer outra atividade ou novo processo que é implementado em uma organização, a criação da jornada do colaborador deve contar com momentos separados para avaliação e feedbacks.

É essencial que todos saibam que o modo como algo está sendo feito e oferecido aos colaboradores realmente faz sentido e está de acordo com o que ele precisa.

Isso deve ser feito para que a estratégia cumpra exatamente o propósito para quem ela foi criada, levar ao colaborador a melhor jornada dentro da empresa.

Para distribuir esses feedbacks é interessante criar um canal intranet de comunicação para os colaboradores e para o departamento de Recursos Humanos.

Além disso, criar um ambiente com boa comunicação entre líderes e gestores para que feedbacks sejam passados e recebidos da maneira mais natural possível.

Incentivar os colaboradores a participarem mais

Além de passar feedbacks regularmente para ter certeza que a jornada do colaborador está alinhada com o objetivo de cada um deles, é preciso fazer com que ele seja mais participativo.

Nada melhor do que contar com a participação dos envolvidos para garantir que todo processo correrá bem e dentro do que é esperado.

Portanto, é crucial que o colaborador seja reconhecido como um ser ativo do processo de planejamento da própria trajetória dentro da empresa de terceirização de serviços administrativos.

Isso porque eles devem servir mais do que como uma fonte de pesquisa, mas como alguém que participa de maneira ativa da criação de cada passo do planejamento.

Ter líderes bem treinados

Os líderes de uma organização são como um espelho para os colaboradores, por isso eles devem estar sempre alinhados com a missão, visão, valores e cultura da empresa.

Mais do isso, cada líder deve saber acolher as pessoas que lidera e saber lidar com as suas dores e angústias, buscando motivá-los e estimulá-los para que assim aprimorem a cada dia as suas habilidades.

Mas cabe à empresa que constrói máquinas para tirar impressão digital, e ao departamento de recursos humanos, fazer o treinamento e desenvolver líderes mais humanizados.

Esses líderes serão os responsáveis pelo sucesso ou pelo fracasso da jornada do colaborador, assim como as pessoas que poderão levar melhores ou piores resultados para a companhia.

Considerações finais

A criação e a implementação da jornada do colaborador em uma organização permite que uma relação mais forte seja criada entre a empresa e os funcionários.

Quando uma pessoa se encontra em um ambiente que impulsiona o seu crescimento, a enxerga de maneira humana e valoriza suas habilidades, ele tende a ser muito mais produtivo.

Sendo assim, a jornada do colaborador é algo que pode ser vantajoso tanto para a organização quanto para os profissionais inseridos nela.

Um profissional que veste a camisa da empresa e se dedica ao máximo em cada projeto é alguém que o negócio com certeza quer ter por perto, e para garantir isso a jornada do colaborador pode ser a estratégia ideal.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =