Negócios e Política

Visitando a casa para alugar: o que observar no imóvel?

Não assine seu contrato de aluguel antes de conferir estas dicas!

Vai alugar uma casa? Antes de tomar qualquer decisão, você precisa observar o imóvel para entender se ele realmente atenderá às suas necessidades e de sua família. É importante ter em mente que esse será o seu lar por um bom tempo, portanto, ele precisa oferecer segurança, comodidade e facilidades para tornar a sua rotina mais tranquila.

Quando você chega em casa, após um dia cansativo no trabalho ou até mesmo uma viagem, o que mais deseja é conseguir descansar, certo? Nesse momento, contar com um imóvel confortável para relaxar é essencial. Portanto, evitar imóveis que apresentam problemas em sua estrutura é fundamental para não ter preocupações.

A seguir, explicamos um pouco mais sobre os motivos que levam você a ter que observar o imóvel antes de assinar o contrato de aluguel. Vamos lá?

Instalações elétricas e hidráulicas

As instalações elétricas e hidráulicas de um imóvel são um dos itens mais importantes, visto que qualquer problema nessas redes causa muitas dores de cabeça e, em alguns casos, altos custos com manutenção — sem contar com os riscos de descarga elétrica, por exemplo.

Nesse sentido, ao visitar o imóvel, verifique se estão funcionando corretamente:

  • os chuveiros;
  • as torneiras;
  • as descargas;
  • os registros;
  • as tomadas;
  • as lâmpadas, etc.

Infiltrações e vazamentos são problemas sérios de estrutura, logo, observar se o imóvel não apresenta esses riscos é fundamental para não ter preocupações mais tarde.

Segurança do imóvel

Outro ponto de fundamental importância é a segurança do imóvel. Nesse momento, é necessário analisar as condições dos trincos, fechaduras, portão e demais portas que dão acesso ao imóvel.

Verifique se ele conta com vigilância 24 horas e câmeras de segurança — não são todos os imóveis que oferecem estas duas últimas comodidades, porém, se oferecer, considere como um ponto positivo na hora de fechar o contrato.

Além disso, é essencial observar como é feito o policiamento da região. Inclusive, você deve analisar se o imóvel não fica em um ponto muito isolado. Por fim, lembre-se de realizar a troca de chaves assim que o contrato de aluguel for assinado.

Quantidade de tomadas

Pode parecer um detalhe insignificante, mas acredite: não é! A quantidade de tomadas no imóvel faz toda a diferença no quesito comodidade. Quando existem poucas tomadas, as chances de você ter que quebrar paredes e ter gastos com eletricista, por exemplo, aumentam. 

Já pensou se no imóvel não tem tomadas suficientes na cozinha para os seus eletrodomésticos? Imagina quanto transtorno isso pode causar futuramente. Além disso, verifique se todas as tomadas estão funcionando. Se possível, ligue mais de um eletrodoméstico, ao mesmo tempo, para ver se não há nenhum tipo de sobrecarga.

Por fim, analise o padrão das tomadas — se são de dois ou três pinos, ou quais delas são de 127 volts e 220 volts para evitar maiores prejuízos.

Vizinhança

Observar a vizinhança é importante para você não ter dores de cabeça mais tarde. Isso porque alguns vizinhos são mais ativos e gostam de uma boa confraternização nos finais de semana, por exemplo. Se você é uma pessoa que busca mais por tranquilidade, esse é um item que precisa ser avaliado.

Se possível, visite o imóvel em diferentes horários do dia, a fim de observar como é o lugar que pretende morar.

Condições gerais do imóvel

Se o imóvel já foi utilizado por outros inquilinos anteriormente — o que provavelmente já aconteceu —, é importante observar as condições gerais do lugar. Nesse momento, verifique a situação da pintura, das paredes, dos acabamentos, do forro, das janelas e do piso. Caso o imóvel tenha alguns móveis planejados, verifique o estado de cada um deles. 

Agora que chegou até aqui, você já pode assinar o contrato de aluguel tranquilamente, pois já sabe o que analisar para não ter prejuízos no novo lar. Lembre-se de que o imóvel também deve atender à qualidade de vida que deseja oferecer para a sua família, ok?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 × cinco =