Negócios e Política

Qual a vantagem do cross docking?

Com a popularização do e-commerce e as vendas pela internet sendo cada vez mais comuns dentro do Brasil, diversas estratégias tiveram que ser modificadas, entre elas, está justamente o sistema logístico. Antes considerado algo padronizado, a logística passou a ser executada de maneira completamente diferente nos dias de hoje. 

Com a necessidade de velocidade na entrega de produtos como uma porta de aço, por exemplo, e com a exigência da redução de desperdícios, diversas estratégias começaram a ser abordadas, entre elas, uma das que mais se popularizou foi o cross docking. 

Mas você sabe o que ela significa? Quais as inúmeras vantagens que esse conceito pode fornecer para o seu negócio? No texto de hoje iremos falar tudo sobre ele então fique de olho para não perder nenhum detalhe, bora conferir!

O que significa cross docking?

Em uma tradução livre para o português, crossdocking significa “cruzando docas” e é uma estratégia que consiste em diminuir ou até mesmo extinguir o estoque de uma empresa, fazendo com que a entrega seja realizada através de um sistema direto, prático, rápido e muito mais efetivo. 

Ele funciona da seguinte forma: quando alguém compra determinado produto dentro de um site, ele é enviado até um centro de distribuição ou armazém, e assim que ele chega no local ele já é enviado diretamente para o consumidor, realizando uma redistribuição extremamente veloz. 

Isso faz com que o produto de sua empresa de manutenção predial, seja enviado de forma instantânea apenas com a confirmação da compra sem precisar ficar em um estoque físico, essa é uma estratégia muito utilizada nas lojas virtuais mas vem ganhando cada vez mais força nas empresas físicas, abaixo separamos as principais vantagens que ela pode fornecer para o seu negócio. 

Redução de custos com estoque

Com esse conceito de realizar a entrega quase que de forma direta, você não precisa gastar mais dinheiro com o estoque de produtos físicos, o que faz com que consiga uma redução de custos considerável, o gasto está mesmo vinculado ao manuseio e entrega, porém, é extremamente reduzido se comparado a necessidade de ter um estoque físico. 

Agilidade

O velho e tradicional estoque é substituído por um rápido e novo centro de distribuição, onde o único objetivo é gerar maior eficiência, sendo assim, o preparo, manuseio e reenvio do produto até o consumidor final ocorre de maneira muito mais rápida, prática e efetiva do que em um estoque físico. 

Evita falta de produto

Um problema que acontece muito dentro de um estoque é a falta do produto, mas com o cross docking, você só realiza as entregas sob demanda, o que faz com que você consiga gerenciar os produtos e evitar a falta deles dentro de sua empresa. 

Maior controle na entrega

Os pontos de distribuição ficam responsáveis pela entrega, e como já citamos a função deles é justamente disponibilizar um prazo curto e sempre respeitando o período pré estabelecido, conseguindo alcançar um controle muito maior e mais efetivo. 

Diminuição de furtos e controle na validade

Quem trabalha com estoque físico com certeza já teve prejuízos com furtos de produtos, avarias ou desvios ocasionais, que acabaram resultando na perda do seu detergente concentrado e consequentemente de dinheiro. Isso não acontece aqui, já que o curto período em que o produto fica no centro de distribuição, praticamente inibe essa chance. 

O prazo de validade é outro detalhe onde você consegue ter muito mais controle, você não perde mais produtos por estarem muito tempo parados e praticamente mofando dentro do estoque. 

Espaços menores e atuação sob demanda

Por fim, os espaços são consideravelmente muito menores, afinal, a sua única necessidade é o envio até o centro de distribuição, o que economiza seus recursos físicos, além disso, você também atua sob demanda, conseguindo enviar produtos de acordo com datas e a sazonalidade existente em determinados períodos do mercado. 

Você já conhecia o crossdocking? Acredita que essa pode ser uma estratégia útil para sua empresa? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos caso tenha curtido, até a próxima!
Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze + 11 =