Blog

Importância da diversidade nas empresas: como fazer a inclusão consciente?

A importância da diversidade nas empresas mostra o quando adotar práticas que atraem grupos diversos, sejam minoritários ou praticamente excluídos, beneficia o mundo corporativo. Na medida em que as empresas abraçam a causa, os colaboradores se sentem mais à vontade para produzir e compartilhar seus conhecimentos de vida.

Uma pesquisa realizada pela Harvard Business comprova que os conflitos dentro de uma organização diminuem cerca de 50% em relação àquelas que não investem em diversidade.

Esse é um assunto em alta, isso porque traz benefícios como o aumento da criatividade, fortalecimento da relação entre as pessoas e o alcance dos melhores resultados.

Mas, de fato, qual é a importância da diversidade nas empresas? Listamos quatro motivos para incluir essa prática no dia a dia e como implementar no seu negócio. Entenda mais sobre o tema a seguir!

Boa leitura!

O que é a diversidade nas empresas?

A diversidade pode ser vista como um trabalho diário e em constante movimento que busca incorporar diferentes perfis sociais, culturais e comportamentais em um grupo. Nesse aspecto, incluem pessoas de diferentes gêneros, raças, idade, orientação sexual e capacidade física.

Esse fenômeno, difundido na década de 90, abriu portas para que as instituições pudessem dar voz a outras culturas para negociar e interagir.

A ideia é que a diversidade e a inclusão possam fazer com que as diferenças convivam, trabalhem e cooperem unidas, uma respeitando a outra.

Qual a importância da diversidade nas empresas?

A diversidade tem como poder:

  • possibilitar um ambiente profissional saudável;
  • motivar as equipes;
  • fortalecer a produtividade;
  • valorizar a empresa;
  • aumentar os resultados.

Nesse sentido, a diversidade tem a chance de criar um ambiente profissional mais saudável por conta da simples troca de experiência de pessoas de culturas diferentes.

Além disso, ela garante a motivação das pessoas e o aumento do desempenho dos colaboradores, gerando uma competitividade natural no mercado de trabalho.

Outro fator preponderante é que a diversidade torna a empresa mais sólida no mercado, fator que valoriza os produtos e serviços comercializados.

Essas diferentes visões direcionam os funcionários a enxergarem seus objetivos dentro da empresa e a contribuírem para melhorar seus resultados.

Como promover a diversidade nas empresas? 

Algumas ações podem ser realizadas para alavancar a diversidade nas empresas. Destacamos algumas:

1. Crie um comitê

A diversidade é um assunto muito amplo que cada empresa pode entender ou agir de forma singular. Por isso, é importante criar um comitê especializado, em que um grupo será responsável para propor ações construtivas e cobrar atitudes dos colaboradores.

2. Deixe claro a nova política com o RH

A escolha dos fornecedores, colaboradores e outros stakeholders devem estar alinhados com a cultura da diversidade. Isto é, no momento de recrutar e selecionar os novos parceiros, avalie critérios como competência, desempenho e deixe transparente a visão da organização sobre a importância da diversidade nas empresas.

3. Contribua para a conscientização

Convide todos os participantes para colaborar com ideias e soluções para fortalecer a política da diversidade. Conversas frequentes e palestras podem responder dúvidas enquanto desmistificam comportamentos enraizados.

4. Use a tecnologia a seu favor

Uma forma de implementar a diversidade nas empresas é por meio do uso da tecnologia. Hoje existem ferramentas que facilitam o processo para descobrir se o seu negócio está mesmo nos padrões. 

A importância da economia inclusiva

A economia inclusiva é um modelo de negócio imprescindível para a importância da diversidade nas empresas, pois ela visa uma sociedade mais justa, ao mesmo tempo que promove a inclusão da sustentabilidade no corporativismo.

De acordo com uma pesquisa do grupo de investimentos RobecoSAM, dos 59 países avaliados, o Brasil está na 45ª posição no ranking de sustentabilidade. Isso mostra um cenário brasileiro preocupante que pode ser modificado.

Por fim, a economia inclusiva busca o consumo consciente por meio da reutilização de bens, energia limpa, valorização da biodiversidade e reciclagem.

Diversidade e inclusão: qual a diferença?

Ao longo deste texto identificamos a importância da diversidade nas empresas. Sabemos que este é um processo demorado de inserção.

Mas antes da execução, nada mais justo desmistificar o conflito que existe entre os termos diversidade e inclusão. Ambos devem ser associados ao crescimento de uma empresa, embora não tenham o mesmo significado.

Em primeiro lugar, diversidade está ligada à representatividade, enquanto a inclusão à mudança de cultura e comportamento

Isto é, uma empresa pode contratar fornecedores diversos (negros, mulheres, LGBTQIA+, microempreendedores) para aumentar o seu time – o que significa diversidade -, mas eles devem ter as mesmas chances de crescimento e de valorização como os veteranos –  corresponde à inclusão -, compreende?

Essa combinação permite a construção de uma sociedade e um mercado de trabalho mais igualitário.

Este post é uma iniciativa da Linkana de apresentar a importância da diversidade nas empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 + treze =