Negócios e Política

Gestão de estoque para pequenas e médias empresas: Qual a importância e como fazer?

Conduzir e fazer um negócio crescer não é uma tarefa simples, sobretudo quando se começa com poucos recursos, não é verdade? Fazer a gestão de estoque para pequenas e médias empresas é um dos pontos que precisa ser levado a sério em qualquer tipo de empresa.

O que é gestão de estoque afinal?

Quando se fala em gestão de estoque, basicamente estamos nos referindo a todo o processo de monitoramento e análise de todos os materiais, insumos e equipamentos necessários para oferecer mercadorias aos clientes e garantir o bom funcionamento da empresa.

O controle de entradas e saídas do estoque é o que garante a capacidade produtiva da empresa, a possibilidade de prever necessidade de compras e evitar perdas, desperdícios e até roubos.

Por possuir recursos mais escassos, a gestão de estoque para pequenas e médias empresas se torna ainda mais importante.

Entre os benefícios com os quais você poderá lidar ao fazer a gestão de estoque para pequenas e médias estão:

  • realizar estimativas de vendas;
  • programar pedidos com antecedência com fornecedores;
  • negociar melhores preços por ter margem de tempo para isso;
  • aprimorar o planejamento da produção;
  • otimizar os investimentos com estoque;
  • saber quais produtos tem maior e menor saída;
  • precificação mais assertiva;
  • criação de ofertas em momentos estratégicos.

3 dicas valiosas para a gestão de estoque eficiente

Fazer uma boa gestão de estoque para pequenas e médias empresas passa por algumas preocupações e ações que precisam ser seguidas no dia a dia. Separamos 3 aspectos fundamentais para que a sua gestão funcione bem.

Faça inventários periódicos

O primeiro passo para gestão de estoque para pequenas e médias empresas é ter certeza da quantidade exata de produtos no estoque. É preciso estabelecer uma periodicidade para realização da contagem e guardar os relatórios para comparativos.

Este processo serve, principalmente, para identificar possíveis falhas, pedidos encalhados que podem virar promoções, controle do fluxo de mercadorias e principalmente uma garantia de que se sabe e tem documentado toda a “vida” de um produto que você investiu para fabricar. 

Conheça as especificidades da sua empresa

Antes de tomar qualquer decisão em relação a aspectos de gestão, primeiro é preciso conhecer bem as caraterísticas próprias do seu setor. Isso envolverá, principalmente:

  • Mapeamento de processos;
  • Pesquisas internas e externas;
  • Detalhamento dos produtos vendidos.

Em cima desses dados será possível saber o que diferencia seus produtos e, portanto, precisa ser levado em conta. Se você trabalha com produtos perecíveis, por exemplo, terá preocupações diferentes de quem não trabalha e isso deve ser levado em conta.

Crie metas realistas

Mais do que organizar, a gestão de estoque para pequenas e médias empresas precisa ser estruturada e enraizada, para isso é preciso definir metas. Toda meta estabelecida precisa ser realista e baseada no cenário atual.

A ideia é criar metas e definir bonificações para o cumprimento das mesmas, comece com metas mais simples como a redução de desperdício e passe a incentivar que seus funcionários tenham essas preocupações visando uma meta palpável e que traga um benefício em troca.

Qual o melhor software de gestão de estoque para pequenas e médias empresas?

É claro que quando se fala de gestão de estoque para pequenas e médias empresas é inevitável que logo se venha a mente uma ferramenta para organizar e automatizar tudo isso, certo?

O porte, fluxo de mercadorias e complexidade do seu negócio irão ser um norte importante na hora de escolher um software. Por isso, separamos algumas marcas que são referências e valem a pena conhecer. 

Lexos

Uma das ferramentas mais completas do mercado, a Lexus traz funcionalidades que auxiliam no controle de inventário, contagem de produtos e cadastro facilitado na plataforma.

O software possui integração com e-commerce, imprime etiquetas, gera relatórios de seu estoque em curva ABC e permite que esses documentos sejam acessados pelo celular por meio do aplicativo ou navegador.

GestãoClick

Outra referência no mercado, o GestãoClick possui um período de teste grátis no qual você consegue aproveitar todas as funcionalidades da ferramenta. Dentre as mais importantes no que se refere a gestão de estoque estão:

  • criação e controle de inventário;
  • administração de entradas e saídas na mesma tela;
  • cadastro simples e completo de produtos;
  • controle financeiro de estoque;
  • transferência de estoque entre setores da empresa.

Conta Azul

Se você já fez alguma pesquisa no Google sobre este tipo de ferramenta, provavelmente já se deparou com esse nome. Trata-se de um software para controle de estoque integrado de forma online, que oferece uma visão geral do inventário e ainda gera bons relatórios sobre a área.

Um dos diferenciais do Conta Azul é que ele emite avisos quando o estoque atinge o considerado estoque mínimo, que é pré-definido por você. Isso ajuda a fazer compras com antecedência. O programa também tem a capacidade de emitir notas fiscais.

Senior Sistemas

Se você busca uma opção mais robusta, a Senior pode ser uma boa escolha. O software ERP é desenvolvido para potencializar a gestão do negócio como um todo, inclusive o controle de estoque.

O objetivo do ERP é basicamente automatizar processos e reduzir custos, além disso, ele proporciona uma maior precisão nas tarefas diárias, tudo isso acaba contribuindo muito no controle de entradas e saída, essenciais para gestão de estoque. 

CEST

Com funcionalidades similares às demais opções da lista, o CEST se destaca por ter uma adequação simples às necessidades da empresa e a opção de vários usuários simultâneos.

Além disso, o CEST é um software que suporta uma grande quantidade de informação sendo mais indicado, neste caso, para empresas de médio porte que tenham um maior volume. Por fim, o painel é bem intuitivo e fácil de operar, tornando o programa bem democrático.

Com todas essas informações sobre a gestão de estoque para pequenas e médias empresas você não tem mais desculpa para perder produtos ou não fazer o controle ideal das suas mercadorias. 

Escolha as ferramentas, implemente as boas práticas e tenha muito sucesso!Este artigo foi escrito pelo portal Negócios em Mente você encontra muito conteúdo sobre empreendedorismo, além de ferramentas e cursos que vão te ajudar a alavancar seu negócio e melhorar seus resultados.  Conheça nosso site e aproveite nossos descontos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis + cinco =